Edição impressaConfira a última edição impressa

Agentes de combate a endemias realizam levantamento de focos do mosquito transmissor da Dengue em 13 bairros de Borda da Mata

Todo ano, pelo menos  três vezes, os agentes de combate a endemias da Secretaria Municipal de Saúde realizam o Liraa – Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypt. O levantamento trata-se de uma busca que ajuda a mapear os locais com altos índices de infestação do mosquito e que, consequentemente, alerta sobre os possíveis pontos de epidemia da doença. A metodologia foi desenvolvida em 2002, pelo Ministério da Saúde, para atender a necessidade dos gestores e profissionais que trabalham com o programa de controle da dengue.
Em Borda da Mata, durante os dias 14 a 23 de outubro, 13 bairros foram selecionados aleatoriamente pelo sistema para o mapeamento. A enfermeira responsável pela Vigilância em Saúde, Grazieli Siqueira, explica que de todos os bairros pesquisados, foram encontradas larvas do mosquito transmissor de doenças apenas no bairro Santa Cruz “piscinas e recipientes como cocho de animais tem sido os principais locais de disseminação das larvas do mosquito.  É importante ressaltar que a atenção de cada morador em seus quintais e terrenos é essencial para o combate ao mosquito”.
A partir da informação obtida pelo Liraa, os agentes têm subsídios para tomada de decisão e para a priorização de áreas de atuação bem como das estratégias a serem utilizadas para eliminação, além de atuar na conscientização da população, que já está bastante atenta às questões de combate aos criadouros do mosquito.
O mosquito Aedes Aegypt é transmissor das seguintes doenças: Dengue, Chikungunya, Zika e Febre amarela.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam