Edição impressaConfira a última edição impressa

Borda da Mata já tem cinco casos de Dengue confirmados e quatro em investigação

Infelizmente estamos presenciando um aumento exponencial no número de casos de Dengue em nossa região. Em Borda da Mata, até o momento (09/05/2022), temos 05 casos confirmados de Dengue e 04 em investigação.

Na tentativa de não deixar alastrar o número de casos na cidade, a equipe de Agentes de Endemias, tão logo ficam sabendo da suspeita do caso, já fazem o bloqueio, o qual consiste em jogar veneno em todos os quarteirões que rodeiam o endereço do caso suspeito, a fim de matar o Aedes aegypti.

O Secretário de Saúde, Celso do Amaral, adquiriu telas protetoras para as caixas d’água descobertas, principalmente de famílias mais carentes, uma vez que este local é de suma importância no controle do mosquito. Quando descoberta, existe um alto risco de desenvolvimento do Aedes.

O objetivo principal da equipe de Saúde é mobilizar o máximo de trabalhadores e população para a realização de ações destinadas ao combate do mosquito Aedes aegypti, através, principalmente, de campanhas educativas e de comunicação social, como o que vem sendo feito:

– No dia 29 de abril, Celso e a coordenadora de Vigilância em Saúde, Grazieli Siqueira, estiveram presentes na Rádio Ativa FM para um bate papo com a população sobre medidas de prevenção e também sinais e sintomas característicos da doença.

– A igreja católica falou nas missas sobre a importância de conter os possíveis criadouros do Mosquito em suas residências;

– A Secretaria de Educação Municipal trabalhou a temática Dengue em todas as escolas municipais;

– O setor de comunicação da prefeitura municipal lançou vídeos e notas orientativas de combate ao Aedes…

Somente com ações de Mobilização Social e conscientização de toda a população, conseguiremos manter o município fora de uma epidemia de Dengue.

Não se deve esquecer ainda que, além da Dengue, o Aedes aegypti transmite a Chikungunya, Zika Vírus e Febre Amarela, doenças que, se não atendidas e tratadas a tempo, podem levar até mesmo à morte.

A melhor forma de prevenir todas estas doenças é evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, eliminando água armazenada que pode se tornar possível criadouro, como vasos de plantas, bolsões de água, pneus, garrafas plásticas, piscinas sem uso e sem manutenção, e até mesmo recipientes pequenos, como tampas de garrafas.

Medidas simples podem e devem ser adotadas: substituir a água dos pratos dos vasos de planta por areia; deixar a caixa d´água tampada, como já mencionado; cobrir os grandes reservatórios de água, como as piscinas, e remover do ambiente todo material que possa acumular água. No caso de Borda da Mata, todo cuidado e atenção devem ser dados aos bebedouros dos animais, principalmente cavalos, onde não é raro ser encontrado larvas do Aedes Aegypti.

Roupas que diminuem a exposição da pele também proporcionam alguma proteção às picadas e podem ser uma das medidas adotadas, principalmente durante surtos. Repelentes e inseticidas podem ser usados, desde que seguindo todas as instruções do rótulo. Mosquiteiros proporcionam boa proteção, principalmente para bebês, pessoas acamadas e imunodeprimidos.

Se cada bordamatense fizer sua parte, junto com o trabalho destes servidores, com certeza estaremos diminuindo muito esse risco alto e, consequentemente, evitando uma possível epidemia de Dengue em nosso município.

Ajude você também nesta luta!

Departamento Municipal de Epidemiologia

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam