Edição impressaConfira a última edição impressa

Caixa comemora os 45 anos do FGTS

Só este ano, mais de 60 bilhões dos recursos do Fundo serão inseridos na economia do país. Metade desse valor é direcionado ao investimento em habitação popular

A Caixa Econômica Federal, no papel de agente operadora, comemora o aniversário de 45 anos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O FGTS é uma fonte de recursos fundamental na implantação de políticas públicas no Brasil. Por meio dos programas Pró-Moradia, Carta de Crédito e Pró-Saneamento é possível a construção de habitações populares, redes de esgoto e de abastecimento de água, favorecendo a qualidade de vida dos brasileiros e gerando empregos.

Criado no dia 13 de setembro de 1966, o FGTS tinha como único objetivo garantir uma poupança ao trabalhador demitido sem justa causa. Ao longo dos anos, passou por muitas mudanças: hoje, o trabalhador tem a oportunidade de formar um patrimônio que pode ser sacado em trinta situações diferentes. Pode ser em momentos especiais, como o da aquisição da casa própria (14% dos saques) ou da aposentadoria (13%) e em situações de dificuldades, que podem ocorrer no caso de demissão sem justa causa (63%), além de algumas doenças graves.

O orçamento do FGTS para 2011 está distribuído conforme abaixo:

Orçamento Operacional bilhões (R$)
Habitação Popular 30,40
Saneamento Básico 4,80
Infraestrutura Urbana 4,00
Total 39,20
Desconto 5,50
CRI 2,84
Pró-Cotista 1,00
Total 48,54

Também estão alocados R$ 7 bilhões para o fundo de investimento FI-FGTS e R$ 11,25 bilhões para Carteiras Administradas.

FACILIDADES – O trabalhador, atualmente, já pode acompanhar o saldo da conta vinculada por meio do sítio do FGTS (www.fgts.gov.br), inclusive pelo celular, ou em uma das agências CAIXA. A segurança nas operações de saque  e transparência na consulta às informações do FGTS são algumas ações que marcaram as evoluções nestes 45 anos de história do Fundo.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam