Edição impressaConfira a última edição impressa

Gestores de Borda da Mata participam do 36º Congresso Mineiro da AMM

Ao longo do maior evento de gestão pública do Estado, o chefe de Gabinete, vice-prefeito e coordenador de Desenvolvimento Social aproveitaram para cobrar recursos do governo
do Estado e pedir apoio a parlamentares por novos investimentos na cidade

O município de Borda da Mata enviou representantes para o 36º Congresso Mineiro de Municípios, o evento municipalista mais importante do Estado, organizado pela AMM. A comitiva formada pelo vice-prefeito Paulo César (representando o prefeito André Marques, que ficou na cidade com a esposa, prestes a dar à luz o segundo filho do casal), pelo chefe de Gabinete Celso Cardoso Arruda e pelo diretor do departamento de Desenvolvimento Social, Thiago Senna, viajou a Belo Horizonte com três objetivos: buscar inovações em gestão pública, aproveitar para cobrar verbas do Estado e pedir apoio político de parlamentares para garantir investimentos na cidade.
A edição de 2019 do Congresso debateu o atual cenário da gestão pública nacional e os desafios dos municípios nesse novo contexto. O tema proposto: “Novos governos. Perspectivas, Desafios e Compromisso com os Municípios” foi discutido ao longo dos dias 14 e 15 de maio em seminários, fóruns, feiras e reuniões.
Aprimorar a gestão pública deve ser um objetivo permanente dos governos, mas, em tempos de escassez, as técnicas administrativas podem ser a diferença entre um município com finanças sob controle e um completamente falido, com impactos graves sobre a prestação de serviços públicos.
Como lembra o vice-prefeito Paulo César, foi graças ao aprimoramento da gestão pública que o município de Borda da Mata atravessou sem sobressaltos a maior crise financeira do Estado de Minas Gerais. “Desde o início, adotamos uma gestão austera, promovendo a máxima eficiência na aplicação dos recursos públicos. Com essa postura, conseguimos fazer mais com menos e, apesar da crise, obtivemos avanços importantes em diversos setores”, avalia o político, ressaltando que a cidade manteve a prestação dos serviços públicos de forma eficiente, não atrasando um dia sequer o pagamento de seus servidores e fornecedores.
O chefe de gabinete conta que a participação no evento, além de oferecer a oportunidade de conhecer novas e boas práticas de administração pública, é um ponto de encontro entre gestores e parlamentares. “Estivemos reunidos com o deputado Dalmo Ribeiro, com o senador Rodrigo Pacheco e outros parlamentares. Temos muitos projetos para os quais buscamos investimentos junto ao governo de Minas e governo federal. Ter apoio político é fundamental para tirar esses projetos do papel”, considera.
Seminário de Assistência Social
O diretor do Departamento de Assistência Social, Thiago Senna, participou do IV Seminário de Assistência Social, um dos eventos do Congresso. O gestor, que teve a companhia da coordenadora do CRAS Sebastiana Marques, Marcela Gonçalves, foi em busca de atualizações e aprimoramento no segmento. A pasta tocada pela dupla está entre os exemplos de gestões bem-sucedidas da Prefeitura de Borda da Mata. Com projetos de grande impacto na comunidade, promove assistência a grupos socialmente vulneráveis, promove e estimula a interação social e atua na geração de emprego e renda.
“A assistência social se desenvolveu muito nos últimos anos. Estar antenado com as novidades e os avanços no setor é importante para que possamos garantir a inserção do município na totalidade das políticas públicas de amparo aos mais vulneráveis”, avalia o gestor.
Mas, assim como os colegas, o diretor tratou de aproveitar ao máximo a oportunidade. Reunido com Elizabeth Jucá, secretária de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social de Minas Gerais, ele cobrou repasses do Piso Mineiro, uma verba complementar que deveria estar sendo destinada aos municípios para auxiliar no atendimento às famílias em estado de vulnerabilidade social.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam