Edição impressaConfira a última edição impressa

A grande iniciativa de Deus

O que é uma religião? É um esforço dos homens que querem chegar a Deus, e é muito louvável isso. Sempre houve no homem esse desejo e ímpeto de ir até Deus, de religar-se a Ele. E a religião vem disso, desta vontade de religar-se a Deus.
Se há dentro da pessoa humana uma necessidade e impulso de religar-se a Deus é porque algo foi rompido. E nós, que temos fé, sabemos que realmente houve uma ruptura. Mas, interessante é que as criaturas humanas de todos os tempos sentiram essa ruptura e perceberam que havia uma distância entre elas e Deus, e daí o esforço humano em querer chegar até Ele.
Todas as religiões sempre procuraram três coisas: a primeira religar-se a Deus; a segunda é a necessidade de um salvador, porque o homem se sente preso, impedido e longe de Deus. A terceira coisa é que todas as religiões buscam um modo de vida e uma moral que agrade a Deus, que seja de acordo com Deus e os conduza a salvação e a uma vida boa.
Nessa busca, a gente sente aquilo que disse São Paulo: eu vejo bem, eu quero o bem, mas eu não consigo fazer o bem. O homem percebe que muitas vezes a maldade e o pecado são mais forte do que ele. Existe algo de mau, de injusto dentro dele que o impede de ser bom, por isso a criatura humana sente que precisa de salvação, de um salvador.
Mas Deus fez uma coisa surpreendente e aí está a chave de tudo. Os homens do passado e do presente buscam, na própria religião esse caminho de volta para Deus. Mas Ele próprio voltou-se para a criatura e tomou a iniciativa de vir até ela.
O Pai, o Deus Eterno, Único e Verdadeiro enviou Seu Filho a este mundo para Ele ser religação entre o Céu e a Terra. E isso ninguém podia imaginar. Enquanto muitas religiões buscaram e continuam a buscar religar-se a Deus, Ele fez o contrário – o Pai enviou o seu Filho e, portanto, esta religação já foi feita. E assim como o sol invade nossas vidas, Deus também entrou em nossas histórias.

 

Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova e presidente de honra da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, em Cachoeira Paulista (SP). É um dos religiosos que mais se destacou utilizando os meios de comunicação na ação evangelizadora da Igreja Católica, na América Latina. Autor de 48 livros, Cd´s e DVD´s, além de várias palestras em áudio e vídeo.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam