Edição impressa Quer anunciar para Borda da Mata e região? Saiba como

Inadimplência é alta no SAMU Sul de Minas e 72 cidades estão em atraso com as contribuições

SamuO recém-eleito presidente do Conselho Diretor do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Sul de Minas, Rodrigo Aparecido Lopes (PMDB), prefeito de Andradas, anunciou que uma de suas primeiras metas à frente do cargo será a negociação para diminuir a inadimplência de municípios que já beira os 50%. Das 152 cidades no sistema, prefeitos de apenas 80 puderam votar na eleição que o elegeu. Ou seja, prefeitos de 72 cidades não puderam votar por estarem em atraso com as contribuições. Considerado o maior do país, o Samu do Sul de Minas é mantido pelo Governo de Minas (50%), Governo Federal (25%) e municípios integrantes (25%). Qualquer desequilíbrio pode afetar o funcionamento e prejudicar milhares de pessoas.

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Protected by WP Anti Spam
 
Copyright Tribuna Popular