Edição imprensaConfira a última edição impresa

Médico Bordamatense e Representante do Hospital Regional de Pouso Alegre é destaque no 14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica

O Serviço de Clínica Médica do Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL) foi presença marcante do 14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência e Emergência realizado em outubro no Minascentro, em Belo Horizonte, com o tema “Clínica Médica: Competências para demandas complexas”. O HCSL foi representado pelo professor Jorge Luiz de Carvalho Mello, atual chefe do Serviço de Clínica Médica, coordenador do Estágio de Clínica Médica, e docente da disciplina de Clínica Médica da Universidade do Vale do Sapucaí (Univás).
Jorge Luiz também é mestrando em Ciências da Saúde pela Univás e médico geriatra. “A participação no congresso, dada a complexidade da especialidade, sobretudo do paciente com multimorbidade, além de temas de extrema relevância na área hospitalar, ambulatorial e de prevenção de saúde, agregou inúmeros conhecimentos para um exercício pleno e de qualidade no atendimento ao paciente clínico em todos os seus espectros”, ressalta o médico.
O médico participou de duas mesas de conferências no congresso. A primeira com o tema “Qualidade de Vida – Uma integração do conhecimento em Clínica Médica”, como presidente de mesa, um tema controverso, complexo, sobretudo no que tange às terapias anti-aging-assunto polêmico e debatido entre os convidados. Na segunda mesa, o representante do HCSL falou sobre o tema “Diagnóstico Diferencial da Hipertensão ortostática no idoso”, tema desafiador e de grande relevância em Medicina Geriátrica e para o clínico que atua no atendimento dessa população.
O evento é organizado pela Sociedade Brasileira de Clínica Médica (SBCM), regional Minas Gerais e co-realizada pela Abramurgem. “É o principal congresso promovido pela SBCM, o fórum nacional mais importante para o encontro dos diversos profissionais que atuam na área da Clínica Médica, tanto aqueles que se dedicam ao ensino e à pesquisa nas universidades, como aqueles que desenvolvem atividades profissionais na área”, avalia Jorge Mello.
Além da participação ativa nas mesas de debate, Jorge apresentou seis trabalhos acadêmicos sobre “Ansa Pancreática: desafios do diagnóstico diferencial em paciente jovem”; “Plasmocitoma: desafios do diagnóstico em paciente idosa com apresentação clínica atípica: Relato de Caso”; “Apendicite aguda, desafios do diagnóstico diferencial em apresentação pélvica”; “Estimativa de risco para desenvolvimento de diabetes mellitus tipo 2 em policiais militares de um batalhão no Sul de Minas”; “Síndrome de Loffler com apresentação atípica em idosa portadora de câncer de mama metastático: relato de caso” e “Análise do índice de vulnerabilidade clínico-funcional de idosos atendidos no ambulatório Cruz Preta em Alfenas, Minas Gerais”. Um dos trabalhos apresentados foi selecionado para publicação como artigo original na Revista da Sociedade de Clínica Médica.

Fonte: Site/Univás

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam