Edição imprensaConfira a última edição impresa

Médico Bordamatense realiza com sucesso cirurgia inédita na região que é de osso congelado

Um procedimento inédito na região feito com extremo sucesso. Assim foi a cirurgia chamada Frozen Bone (osso congelado) realizada pelo médico Eugênio César Mendes no Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL), no final do mês de novembro. Dr. Eugênio é de Borda da Mata, filho de Toninho Mendes e Ana Maria. A cirurgia usa uma técnica de congelamento para tratar câncer nos ossos. “Primeiro, eu cortei o osso doente, depois descasquei o tumor que estava no osso que ficou totalmente limpo. Depois, mergulhei ele no nitrogênio líquido com menos 174º C. Logo após vinte minutos, o osso foi colocado em temperatura ambiente onde ficou por mais quinze minutos. O osso ainda foi mergulhado em água destilada, também em temperatura ambiente, onde permaneceu por mais dez minutos. Depois de descongelado reemplantei o osso na paciente, com placa e parafuso como no caso de uma fratura normal”, explica o médico, especializado em ortopedia oncológica.
A paciente Mayara Oliveira Brandão Pereira, 25 anos, tinha um caso ideal para o procedimento. “Ao descobrir que tinha o osteossarcoma, o doutor Eugênio me preparou para a cirurgia. Eu falei que estava firme e forte pra tudo, mas foi um choque pois estava com meu bebê de apenas 5 meses. Pedi muito a Deus que me desse força e iluminasse o doutor Eugênio. Minha cirurgia foi uma vitória e hoje estou muito bem. Eu agradeço ao doutor Eugênio que além de médico é um ser humano de carne, alma e, principalmente, coração. Na hora que mais precisei, ele estava ali para me ajudar junto com sua equipe maravilhosa desse Hospital. Só tenho a agradecer”, afirmou a paciente.
O procedimento é inovador pois usa o osso do próprio paciente, com encaixe anatômico perfeito, não tem risco de rejeição e, em cerca de seis meses, o local volta a ser repovoado por células – o que não acontece quando ele coloca um enxerto de doador. Para se ter uma ideia, no tratamento convencional do câncer ósseo geralmente inclui sessões de quimioterapia e a realização de cirurgia para remoção do osso doente.
Para Dr. Eugênio, a atuação da diretoria do HCSL foi fundamental no sucesso da cirurgia. “O Hospital está apto e preparado para atuar nesses procedimentos como hospitais dos grandes centros do país. Quero deixar registrado aqui meu agradecimento à Jusselma e a Renata, que conseguiram o nitrogênio líquido, ao ortopedista Dr. .Verner, ao cirurgião vascular Mateus, os residentes da cirurgia vascular, ao pessoal do Centro Cirúrgico (o Luciano que despejou com todo o cuidado o material no procedimento), todo mundo que deu seu apoio desde a equipe de faxina até a diretoria do Hospital”, ressalta o médico Eugênio Mendes.
O resultado do uso da técnica de osso congelado no Hospital Samuel Libânio foi muito positivo. “Tenho que esclarecer que não é todo caso que o médico pode indicar esse processo que é oferecido pelo Hospital somente para particulares e convênios. Ele geralmente só é indicado para tumores que produzem ossos, pois se os tumores destroem os ossos não é possível essa técnica”, conta Eugênio Mendes, que é formado no curso de Medicina da Univás, em Pouso Alegre, e fez residência e especialização médica em Ortopedia Oncológica, em Belo Horizonte. Ele atua no Hospital Samuel Libânio há sete anos. O médico sonha e trabalha para transformar o HCSL em um centro de referência de ortopedia oncológica pelo SUS.

Fonte e Fotos:HCSL

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam