Edição imprensaConfira a última edição impresa

Moradora de Tocos do Moji reencontra familiares após 40 anos

Meraci 1

Na vida somos chamados a trilhar caminhos diferentes. Dentro desse processo somos separados de entes queridos e, às vezes nunca mais os encontramos. Uma moradora de Tocos do Moji experimentou a alegria de poder reencontrar familiares separados pelas encruzilhadas da vida.
Parece história de fixação os últimos acontecimentos da vida de Dona Meraci. A ilustre moradora de Tocos do Moji reencontrou seus familiares e matou a saudade a qual a assolava há mais de 40 anos. A população da pequena cidade acompanhou de maneira apreensiva e torceu muito para que tudo desse certo. Depois de profunda navegação nas redes sociais e de intensa troca de informações, Dona Meraci pode finalmente reencontrar sua família de origem e partilhar conosco sua alegria.
Dona Meraci Maria da Rosa, casada com Placídio Felipe da Rosa (falecido) são moradores desta cidade. Ele, nascido aqui em 1932; ela, nascida em Francisco Sá (MG) em 1949. Casaram-se na cidade de Abatiá (PR); retornando para Tocos do Moji no ano de 1976 onde construíram uma verdadeira história de perseverança e dignidade.
Meraci estava em busca de seus familiares os quais ela havia deixado “pra trás” no Estado do Paraná e a mais de quatro décadas não tinha nenhuma notícia sobre estes. Esta situação a incomodava bastante e a saudade dos familiares já lhe tirava a paz, até que então um amigo (Enilson, Site eni-computer.com) sabendo da situação e da tristeza de dona Meraci; resolveu ajudá-la.
Este amigo passou então a divulgar fotos juntamente com outras várias informações relevantes nas redes sociais e, após vários meses; uma prima navegando pela Internet acabou “esbarrando” numa foto de Dona Meraçi, constatou que essa se tratava de sua Tia Avó. Então após conferir detalhes sobre as informações, resolveu ligar para o telefone do “Luizinho” (filho de Dona Meraci). Este, após conversar com sua possível prima e pedir várias informações, concluiu que havia encontrado a família de Dona Meraci que tanto procurava.
A família é bastante numerosa e encontra-se espalhada por várias cidades do Brasil: alguns em Campinas SP, outros na cidade de Santa Izabel SP, uma no Paraná e outros em Recife e Fortaleza.
A família de Dona Meraci é composta de 21 irmãos e irmãs, sendo duas já falecidas. Apenas uma ainda necessita ser encontrada, o nome dela é Maria Lina Dias. Obs. Nome este ainda de solteira podendo ter sido alterado por outro sobrenome.
Dona Meraci se encontra muito feliz por ter encontrado seus familiares. Apesar de ter seus pais já falecidos ficou triste, mas, simultaneamente feliz, porque sua madrasta que deve ter aproximadamente 86 anos de idade ainda vive.
Dona Meraci agradece imensamente a todos que colaboraram na busca e descoberta de seus familiares; em especial amigo Enilson, o qual tanto dedicou seu tempo para ajudá-la.
Obrigada a todos do fundo do meu coração, só Deus mesmo pode “pagar” tudo o que fizeram; afirmou emocionada dona Meraci.
Nós da Prefeitura Municipal parabenizamos nossa moradora por sua perseverança e dedicação e desejamos toda felicidade do mundo. Que histórias como esta se repitam. Dentro de uma realidade onde a família tem sido deixada de lado, que o exemplo de Dona Meraci nos sirva de lição. Valorizar a família equivale a acreditar num mundo melhor.
Texto: Vanderlei Carlos da Silva
Fonte: Luiz Felipe da Rosa (filho de Dona Meraci)meraci 2 meraci 3 meraci 4 meraci 5 meraci 6 meraci 7 meraci 8

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam