Edição impressaConfira a última edição impressa

O teu olhar ficou aqui

A verdade é que eu finjo que te esqueci
Para meu coração se convencer
E para ir me acostumando
Que mesmo que passe a vida te amando
Eu vou ter que viver
A vida toda sem ti

Quando falarem de amor
É por ti que meus olhos vou fechar
Lembrando que por tempos desviei o olhar
Para o teu não ficar
Na minha mente
Me marcar
E me causar dor
Dor?
Não sei como ainda ouso chamar
Essa loucura de amor
Mas como controlar o que sente?

Já sabia que você iria me deixar
E você não podia continuar
Aqui no coração depois de ter partido
Ah! Sinto tanto por tanto ter sentido!

Nossas mãos se afastaram
E no silêncio teus olhos gritaram
Que era hora de se despedir
E uma postagem tua que dizia
Que olhares profundos trocaram
Mas nunca mais se olharam:
Já não podiam existir…
Eu entendi esse adeus sem falar
Ah! Que agonia!
O teu olhar ficou aqui!

 

Andressa Carvalho
Borda da Mata

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam