Edição impressaConfira a última edição impressa

Prefeitura sorteia terrenos para famílias contempladas em Programa de Habitação em Borda da Mata

O dia  20 de maio, era muito aguardado por 29 famílias de Borda da Mata. A Luana Raíssa mal conseguia conter a euforia. “Faltam palavras para explicar. É uma sensação de alegria, de satisfação, tudo misturado! ”

A família dela está entre as contempladas no processo de seleção do Programa Social de Habitação Popular, ação da Prefeitura para destinar áreas do município que estavam em desuso a famílias que não possuem casa própria. A doação foi consumada por meio de um sorteio, realizado na manhã do dia 20, na Câmara Municipal.

A lei que criou o programa foi sancionada pelo prefeito André Marques em 06/11/2019. Já o edital que definiu as regras para seleção e destinação das áreas foi publicado no dia 30/12/2019. As inscrições no programa puderam ser feitas entre 2 de março e 16 de abril, com suspensão e prorrogação de prazo no período por conta da pandemia de coronavírus.

De acordo com o diretor de Desenvolvimento Social, Thiago Senna, “o evento com o sorteio mostra o final do nosso trabalho nesse projeto, a transparência, o profissionalismo em todas as etapas.”

Um sonho realizado para Anderson Rosa. “É maravilhoso. É uma coisa inexplicável. A gente pensa tanto… a gente que não tem onde morar ainda, sonha tanto com isso, é uma dificuldade que a gente tem devido à dificuldade do Brasil. E a gente conseguir um lote como o primeiro passo para a conquista da casa própria, é inexplicável. ”

Participar de um momento tão especial na vida de tantas pessoas foi uma honra para o vice-prefeito. “É um momento ímpar para essas pessoas. Elas merecem. Foi um trabalho árduo para toda a administração, mas a gente conseguiu realizar um sonho para essas pessoas. Há muito tempo, mais de 12 anos que esses terrenos estão sem serventia, muito bem localizados e praticamente prontos para construir.”

A Nataly Rosário sai satisfeita com a localização do seu lote. “O local do terreno é muito bom porque é perto do serviço do meu marido. Ele trabalha no Cmei.”

O Prefeito André Marques lembra que foram 12 anos de espera da população para que um novo programa de habitação voltasse a dar esperança a quem ainda sonha com a casa própria. “Muito se passou, o auge de programas do Governo Federal, como o Minha Casa, Minha Vida, e nada foi feito. Agora, com muita luta, sacrifício e responsabilidade, conseguimos dar o primeiro passo para que famílias carentes possam realizar o sonho da casa própria. Nessa oportunidade, eu tive com as famílias e foi muito emocionante ver nos olhos deles a alegria de cada um de receber ali o seu lote. Conversamos com alguns familiares e constatamos como é importante o Poder Público poder ajudar.”

Após receber o terreno da Prefeitura, os beneficiários terão um prazo de seis meses para dar início à construção e prazo de 36 meses para concluí-la. “Do jeito que Deus tem abençoado até agora, ele vai capacitar para que cheguemos ao final” conclui Luana.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam