Edição impressaConfira a última edição impressa

Programa Pró-letramento – Bom Repouso

pro-letramento-02.jpg

Início do Curso – “Alfabetização e Linguagem e Matemática”

O início do curso foi um sucesso.

No 1º encontro no dia 16 de março, foram discutidos o ensino da língua e o conceito “Alfabetização e Letramento”.

Através da leitura inspecional foram analisadas a Unidade I do livro Pró-letramento.

Já no dia 17 de março, também teve início o curso de Matemática.

 

Letramento definido num poema

Uma estudante norte-americana, de origem asiática, Kate M. Chong, ao escrever sua história pessoal de letramento, define-o em um poema:

O QUE É LETRAMENTO?

Letramento não é um gancho

em que se pendura cada som enunciado, 

não é treinamento repetitivo

de uma habilidade,

nem um martelo

quebrando blocos de gramática.

Letramento é diversão

é leitura à luz de vela

ou lá fora, à luz do sol.

São notícias sobre o presidente

O tempo, os artistas da TV

e mesmo Mônica e Cebolinha

nos jornais de domingo.

É uma receita de biscoito,

uma lista de compras, recados colados na geladeira,

um bilhete de amor,

telegramas de parabéns e cartas

de velhos amigos.

É viajar para países desconhecidos,

sem deixar sua cama,

é rir e chorar

com personagens, heróis e grandes amigos.

É um atlas do mundo,

sinais de trânsito, caças ao tesouro,

manuais, instruções, guias,

e orientações em bulas de remédios,

para que você não fique perdido.

Letramento é, sobretudo,

um mapa do coração do homem,

um mapa de quem você é, 

e de tudo que você pode ser.

 

O poema mostra que letramento é muito mais que alfabetização. Ele expressa muito bem como o letramento é um estado, uma condição: o estado ou condição de quem interage com diferentes portadores de leitura e de escrita, com diferentes gêneros e tipos de leitura e de escrita, com as diferentes funções que a leitura e a escrita desempenham na nossa vida. Enfim: letramento é o estado ou condição de quem se envolve nas numerosas e variadas práticas sociais de leitura e de escrita.

– Alfabetização = ação de ensinar/aprender a ler e a escrever.

– Letramento = estado ou condição de quem não apenas sabe ler e escrever, mas cultiva e exerce as práticas sociais que usam a escrita.

– cultiva = dedica-se a atividades de leitura e escrita.

–  exerce = responde às demandas sociais de leitura e escrita.

– Precisaríamos de um verbo “letrar” para nomear a ação de levar os indivíduos ao letramento… Assim, teríamos alfabetizar e letrar como duas ações distintas, mas não inseparáveis, ao contrário: o ideal seria alfabetizar letrando, ou seja: ensinar a ler e a escrever no contexto das práticas sociais da leitura e da escrita, de modo que o indivíduo se tornasse, ao mesmo tempo, alfabetizado e letrado.

pro-letramento-01.jpg

 

 

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam