Edição impressaConfira a última edição impressa

Saúde Pública de Borda da Mata acompanha tratamento de jovem com vício em drogas e Paciente relata importância da rede de apoio

Há seis meses longe do álcool e da droga, Mateus Matos comemora o tempo de tratamento que segundo ele, salvou sua vida. “A luta contra as drogas é para o resto da vida, porque é uma doença e precisa de tratamento, também de persistência e amor” afirma emocionado o rapaz de 30 anos que veio visitar a família em Borda da Mata. Ele está em recuperação na Comunidade Betânia em Lorena/SP. A internação, bem como toda rede de apoio ao paciente e aos familiares é viabilizada pela Secretaria Municipal de Saúde.
Mateus conta que chegou ao ponto de abandonar a família e morar na rua. Lembra que certa vez, o filho pequeno o viu deitado na calçada e pediu um cobertor para ficar com ele. “Aí eu percebi que precisava de ajuda”.
Para a secretária de saúde, Rosaly Esther, é importante evidenciar que o tratamento é difícil, depende muito do paciente, mas vale a pena. “Vale a pena porque resgata. Resgata a saúde física e mental, além de fortalecer o lado espiritual. Estamos trabalhando para viabilizar todos os casos que chegam até a Secretaria, além de estarmos também a frente da implantação do CAPS em Borda da Mata (Centro de Atenção Psicossocial), que conta com equipe multidisciplinar para acompanhar pacientes com sofrimento ou transtorno mental, incluindo aquelas com necessidades decorrentes do uso de álcool e outras drogas, assim o tratamento continua depois da internação”.
Mateus deve concluir o tratamento em 11 meses. Durante esse tempo, a Secretaria de Saúde atua no acompanhamento do paciente e da família. A rede de apoio conta também com o Departamento de Desenvolvimento Social e a equipe do Cras que acompanham as crianças, filhos do jovem em recuperação. “O principal pra mim foi alguém acreditar em mim, que foi a equipe da Saúde” conclui Mateus.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam