Edição impressa Quer anunciar para Borda da Mata e região? Saiba como

Tocos do Moji precisa implantar a Copasa no município porque não tem os quatro milhões que necessita para tratar o esgoto

copasaPor exigência legal, o esgoto tem que ser tratado, bem como tramita na Comarca de
Borda da Mata Ação Cível Pública promovida pelo Ministério Público que obriga o
município a cumprir a Lei de tratamento de esgoto sob cominação de multa diária.

É meu dever como prefeito municipal, esclarecer a população da necessidade da implantação da Copasa, em nosso município, para tratamento de esgoto e água e as consequências dessas obras serem executadas pelo município.
Desde dezembro/2015, tramita ação movida pelo Ministério Público obrigando o município a proceder o tratamento de esgoto, com pedido de multa diária até que se concretize efetivamente o tratamento de esgoto. Também o tratamento e imposição de Lei Federal.
A obra de tratamento de esgoto está orçada em mais de quatro milhões de reais.
A Copasa propõe executar esta obra por sua conta, desde que o município transfira pra ela o fornecimento de água e esgoto tratados, pelo período de 30 anos.
A taxa social mínima da Copasa, com o esgoto tratado, é de R$20,28, e sem o esgoto tratado é de R$16.09, para um consumo de 5.000 litros.
A taxa mínima normal, com o esgoto tratado é de R$ 33,94, e sem o esgoto tratado é de R$26,83, para um consumo de 5.000 litros.
Na hipótese da Prefeitura tratar o esgoto, com dispêndio de mais de quatro milhões de reais, terá que haver cortes no atendimento na Saúde e despesas na Educação, bem como a não concessão de bolsas de estudo e o fim do transporte de universitários para Pouso Alegre e Ouro Fino. Também os gastos com Carnaval, Reveillon e Festa de Setembro serão cortados.
É importante salientar que o tratamento de esgoto feito pela Prefeitura, também será cobrado e ao final a diferença de valor entre a Prefeitura e a Copasa será pequeno.
Lembro a todos que os municípios nossos vizinhos de Estiva, Bom Repouso, Borda da Mata, Inconfidentes e Pouso Alegre, todos tem Copasa e a população não passa por nenhuma dificuldade ao pagar suas contas de água e esgoto.
Finalmente cabe esclarecer que a decisão é política e está nas mãos dos vereadores. Aqueles que votarem contra a Copasa serão responsáveis pelos cortes na Saúde, Educação, Bolsas de Estudo, Transporte de Universitários e não atendimento aos produtores rurais na conservação das estradas vicinais. Também serão cortados os gastos com Carnaval, Reveillon e Festa de Setembro.
Antonio Rodrigues da Silva
Prefeito Municipal

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Protected by WP Anti Spam
 
Copyright Tribuna Popular