Edição impressaConfira a última edição impressa

“Vô Mirto”(Milton Leite de Souza)

Hoje, somente as lágrimas consegue aliviar minha dor.

Lembro com carinho de seus cabelos brancos, de seu olhar profundo,

das rugas em seu rosto, sinais de experiências pelo anos vividos.

 

Milton Leite foi muito mais meu avô, foi amigo e companheiro.

Quando criança eu achava sensacional vê-lo montar a cavalo e demonstrar total controle sobre o animal.

Eu achava que tinha o melhor avô do mundo e realmente tinha.

 

Ah, quantas lembranças…

Já sinto muita saudade do seu jeito único de ser,

da sua risada e de como nos fazia sorrir.

 

Acredito que toda nossa família também sente muito sua falta,

de sua alegria nos almoços de domingo e de sua felicidade em ver a família reunida.

E tenho certeza que todos que conviveram com o senhor irão recordar,

com muito carinho de que foi Milton Leite de Souza, com “ Z ” e não aceito o “ S”.

Seu neto, Ramirez de Souza Medeiros

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam