Edição impressaConfira a última edição impressa

UNIS entrega estudo que vai nortear políticas públicas em Borda da Mata

O amplo levantamento com dados socioterritoriais de todo o município de Borda da Mata vai ajudar a Prefeitura a adotar medidas específicas para melhorar a vida das famílias, especialmente as mais carentes. Trabalho contempla o Plano Municipal de Assistência Social e o Acessuas, dedicado a promover o acesso ao mercado de trabalho.

O grupo educacional Unis entregou à Prefeitura o Plano Municipal de Assistência Social de Borda da Mata. A partir dele, o município tem garantido acesso a recursos e ferramentas do Sistema Único de Assistência Social, o SUAS. O trabalho contempla ainda o Acessuas, ferramenta que promove o acesso ao mercado de trabalho para pessoas em vulnerabilidade ou em estado de risco social.
A entrega do estudo foi feita no dia 22 de agosto, durante o encontro do Conselho Empresarial do Sul de Minas, o CESUL, colegiado criado pelo grupo Unis. O prefeito André Marques, o chefe de gabinete Celso Cardoso Arruda e o diretor de Desenvolvimento Social Thiago Senna estiveram presentes no evento para receber os dados de forma oficial.
O plano foi elaborado a partir de um amplo estudo que teve por base em uma pesquisa de domicílios. O levantamento ouviu moradores de 1.110 domicílios de 18 bairros da cidade, incluindo a zona rural. As casas foram visitadas por entrevistadores treinados, que aplicaram questionários elaborados para avaliar a condição dos moradores em cinco áreas: renda, educação, saúde, habitação e saneamento.
Para o prefeito André Marques, os dados apresentados pelo estudo apresenta um diagnóstico preciso da condição socioeconômica dos moradores. “A partir dessas informações, poderemos desenvolver políticas públicas sob medida para as maiores necessidades dos moradores, em especial aqueles mais vulneráveis”, considera.
Ele lembra ainda que o direcionamento certeiro dos recursos ajuda a economizar verbas, ampliando o alcance das políticas públicas. “É a velha máxima de fazer mais com menos. A qualidade e a precisão das informações que temos sobre os problemas e as demandas da população são cruciais para definirmos as prioridades do governo com justiça e eficácia”, conclui.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam