Edição impressaConfira a última edição impressa

Circuito Serras Verdes do Sul de Minas reúne com Sebrae em Pouso Alegre para discutir a implantação do Programa de Alimentos Seguros (PAS) nos municípios pertencentes ao Circuito

sebrae-serrasverdes.jpg

No mês de fevereiro, estiveram reunidos em Pouso Alegre, Rafael Huhn, Vice Presidente do Circuito Serras Verdes do Sul de Minas e Secretário de Cultura e Turismo de Pouso Alegre, a Técnica Regional do Sebrae, Táta Beraldo e Rose Simões, Gestora do Circuito. 

Quando estes profissionais se reúnem com certeza os resultados são bons.
A pauta do dia, foi a implantação, no Circuito Serras Verdes, do PAS – PROGRAMA ALIMENTOS SEGUROS.

Com base no grande potencial  gastronômico do Serras Verdes este projeto  atenderá os empreendimentos do setor de alimentação e dará suporte ao mercado de alimentos com profissionalização e todos os requisitos fundamentais para a comercialização segura dos produtos.  
Em Pouso Alegre, o projeto atenderá, especialmente, a Associação de Pasteleiros que produzem o delicioso Pastel de Farinha de Milho, um  Patrimônio Cultural Imaterial tombado pelo município.

O Circuito Serras Verdes com a Secretaria de Cultura e Turismo de Pouso Alegre e a valiosa parceria do Sebrae ofertarão esta grande oportunidade para o seu empreendimento.

Quer saber o que é o PAS?

PAS – Programa Alimentos Seguros –  tem como objetivo aumentar a segurança e a qualidade dos alimentos produzidos pelas empresas, ampliando a sua competitividade e reduzindo a incidência de contaminação e doenças veiculadas por alimentos.

O PAS atua através da implantação de programas complementares:  Boas Práticas de Fabricação (BPF) e o Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC).

São diversas as  vantagens da implantação do PAS. Apresentamos algumas para você:

O alto nível de segurança aos alimentos; a redução de custos; contribuição para a consolidação da imagem e da credibilidade da empresa junto aos clientes; o aumento da competitividade tanto no mercado interno como no externo.

Existe também um ganho institucional: a auto-estima  e a importância do trabalho em equipe para os funcionários da empresa, visto que as pessoas envolvidas passam a ter consciência do que fazem e por que fazem, ganhando auto confiança e satisfação por produzirem alimentos com alto nível de segurança.

Além destas três pessoas, representantes de alguns municípios participaram desta reunião. De Bom Repouso, esteve presente o Secretário de Turismo, Alessandro Crispim e de Tocos do Moji, a Chefe do Departamento de Turismo, Regiane Cruz.

(Fonte:Site Circuito Serras Verdes)

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected by WP Anti Spam